Coincidências

Coincidência pouca nunca é bobagem. E quando é muita, melhor ainda. As coincidências me perseguem. Às vezes, acho que certos momentos da minha vida são dignos de novela das oito (ou mexicana, mas abafem o caso).

Ontem eu estava na rua e pensando nisso. Que o tema rendia um bom post. Quando, de repente, dou de cara com um cara. E não era qualquer cara, era O cara. Um cara do tipo estou-doida-para-ver-mas-não-posso-nem-sonhar-em-dar-na-pinta. E que eu nem sabia COMO encontrá-lo. Não vou contar o desfecho do episódio, porque não vem ao caso agora. (Não é maldade, juro! rs…)

Mas não é simplesmente MÁGICO quando alguma coisa desse tipo acontece? Quando encontramos aquela pessoa inesperadamente. Quando nos deparamos com vidas diferentes e histórias iguais. Quando momentos se repetem. Quando adivinham nossa vontade. Quando o telefone toca na hora certa. Quando ouvimos as palavras certas na hora certa. Quando a música certa toca na hora certa. Aí temos a certeza de que tudo é realmente como deve ser. E de que a vida não é tão errada assim.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Publicado em Generalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *