Do zero

Quando eu não tiver mais nada
Dê-me uma caixa com palavras
E com elas reconstruirei meu mundo

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Publicado em Versos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *