Verbos

“Ser” é perene demais
É raro demais
Utópico demais

É ter tudo nas mãos
E não ter mais nada pra querer

Hoje, eu quero “estar”…

* * *

“Eu tenho o mundo inteiro pra salvar
e pensar em você é Kriptonita…”

(Ludov)

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Publicado em Generalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *