A outra

Jujumenta informa em edição extraORDINÁRIA. (Musiquinha do plantão da Globo…) Atenção, querida burralda! Se até hoje você não teve a desventura de descobrir que sua cara-metade tinha outra, prepare-se, pois mais cedo ou mais tarde isso irá acontecer. Isso quando você não descobre que você mesma é a outra! (Sim, porque a outra também pode ser tão inocente quanto a oficial.)

Tendo como inevitável a tendência dos homens à poligamia, eis algumas dicas de como saber que seu amor tem outra:

Calendário. Se você é a oficial, ele só sai com você no fim de semana, pois trabalha muuuuito durante a semana. E se você é a oficiosa, ele só sai com você durante a semana, pois no final de semana ele simplesmente desaparece… Nunca sai durante a semana e no final de semana, é um OU outro.

Inconstante. Uma hora ele está todo amoroso. No dia seguinte, frio e distante.

Cócegas. Ele fica com pavor de que você se aproxime do pescoço dele, com medo de deixar marcas roxas.

Celular I. Se você for a oficiosa, seu número nunca vai estar na agenda do celular dele. A desculpa que ele vai dar é que não precisou gravar lá, pois sabe o número de cabeça.

Celular II. Se você deixa um recado na caixa postal do tipo “vamos sair?”, ele te retorna e a primeira coisa que pergunta é “quem está falando?”

Celular III. Você liga e ele não atende. Na segunda tentativa, cai direto na caixa postal.

Celular IV. Quando ele está com você, o celular fica desligado.

Discreto. Insiste em te levar para lugares distantes de onde moram ou trabalham, para evitar que encontrem conhecidos.

Orkut. Observe mudanças repentinas no “relationship status” no perfil dele.

MSN. Às vezes, é o primeiro a falar com você, cheio de declarações e cheio de amor pra dar. Às vezes, desconecta assim que você fica online.

Esse foi só o começo. Só alguns exemplos de como você pode perceber que há algo de estranho no relacionamento. É só ficar atenta. E ficar atenta não significa ser maníaca-neurótica-ciumenta-possessiva-007. É só não bancar a idiota.

Mas, burralda que sou, acredito que ainda existam alguns raros exemplares do sexo masculino que não são adeptos à poligamia. Acho até que para facilitar a nossa vida, reduzindo marcas de expressão, gastrites nervosas e unhas roídas (manicure está uma fortuna!), deveríamos criar o SPMB – Serviço de Proteção à Mulé Burra –, onde poderíamos ter acesso a um cadastro de todos os caras que estão “sujos” na praça. Assim, já compraríamos o produto sabendo se tem garantia até a Copa de 2348 ou se tem algum defeito de fábrica, evitando grandes decepções. E decepções só nos fazem comer mais, dormir menos, e chorar ouvindo sertanejo. (Bleargh!) Senhor, livrai-nos deste mal. Amém.

 

PS: Desejo a todos nós um feliz 2009, com menos burradas e mais finais felizes. 🙂

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Publicado em www.MuleBurra.com.

24 comentários

  1. Jujumenta….
    Puxa, como me identifico nos teus posts, fala sério! Eu nunca pensei que poderia ser a outra, e fui, e sofri acho que mais que a própria traída!
    No fundo, acho que fui mais traída que a oficial…snif buáá! Bom, como já passou, pois essa semana fez um ano, e tive um encontro desastroso com o dito cujo no mês passado (como sou idiotaburralda da silva!),,,Acho que tou pronta agora pra encontrar outro carinha, mas, bem que isso de SPMB poderia mesmo rolar viu… ia facilitar muitchooo….

    Beijos enormes pras burraldas de meu país! hehehehe Continuo lendo, pois vcs nao existem!

  2. E enquanto o serviço SPMB não existe a gente vai se virando com o orkut, esse tem sido o meu dedo duro mor. Se acho o bofe em questão, bisbilhoto só em off. Meninas jamaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaais digam pro bofe que vc o achou no orkut, faça tudo em off, assim ele vai ter um pouco menos de preocupação com esse espaço e vai deixar mais pistas pra vc descobrir se ele é adepto a poligamia ou não =D

  3. Perfeito texto!! Aliás, como todos aqui…
    Dizem que a mulher traída é sempre a última a saber – independente de ser a outra ou a oficial, já que é traição em ambas as partes…
    Eu (como tooooodas as burraldas aqui) me identifiquei muito essas palavras – e até incluiria mais algumas dicas, embora tenha mulher que é tão burralda que ainda assim não percebe (ou finge que não)…
    Mas enfim, que o próximo ano seja, de fato, com menos burradas e mais finais felizes para todas nós!!

  4. Eu já fui a outra sem saber, apesar de ter adorado o texto, não concordo com o primeiro tópico, pois, muitas vezes a oficiosa ganha espaço até nos fins de semana e conhece até a família do cara. Tem MUITA mãe que acoberta as cafajestices dos homens. Sem contar que se a oficial for enfermeira tudo fica tão fácil, né? Isso já aconteceu comigo!

  5. Nossa, sempre me identifico MUITOO com esses textos..já fui a outra, a corna..tudo sem saber…
    Como é ruim… =/ E esse mês msm passei por isso e dpois de descobrir ainda continuei…
    Tá faltando amor proprio…mas tá dificil de viver sem ele tbm! =/
    Desejo nesse 2009, que isso não aconteça pra ngm! Muitooo AMOOR VERDADEIRO pra nós!!
    Beiijãoo

  6. Poxa, que pena que na minha época nao tinha orkut ainda !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Eu era a oficial, e a coitada da oficiosa nao sabia de nada… ficamos as duas com cara de tacho quando ele deu mole e nos encontramos, os 3 !!!!!!!!!!!!!! Que situação, qualquer dia sento aqui pra escrever essa fatídica história pra vcs meninas…
    Beijos !

  7. Ai!
    Sessacional!! Eu sou/fui a oficiosa por dois anos!! Só que a safada da história fui eu!! Rrsrsr
    Calma meninas…
    É que eu sabia que ele tem namorada mas mesmo assim nem liguei! Minha cabeça estava num momento de diversão.. Eu sei, em nome dela agente faz muita burrice, mas nem ligava mesmooo!! íamos ficando, ficando… As vezes não queria e dispensava o bofe! Como estava segura que não ia me apaixonar fui levando a situação! As vezes ele foi o tapete… Ligava e eu nem atendia… Nunca deixei de ficar com ninguém por causa dele! Se ele tinha a namorada dele eu também tinha meus namoricos. Ficamos de beijinho e abraço por um ano!!! Sem nada a mais!! Só depois desse tempio que transamos. Ele estava mais nervoso que eu e tive que acalma-lo… Homens…
    E ele veio com aquele papo de que tinha terminado com ela e coisa e tal. E eu? Acha que acreditei amigas? Não sou tão burra assim!!!
    Acreditar que ficando comigo ele ia ser diferente? Jamais…
    Com pouco tempo juntos ia pilhar achando que ele poderia estar me traindo… Tá doido!!

    Mas continuamos a nos relacionar; a coisa foi ficando estranha e agora vou mudar de cidade e nem avisei a ele. Vou apenas cair fora!!!

    O mais engraçado é imaginar que a namorada dele pode estar lendo este comentário!!! Huahuahaua

    Dois seis anos de namoro, dois foram comigo, compartilhando segredos e etc.
    Isso é que é amor!!! Rrsr

    Beijoss

  8. Pois é,

    Concordo com quem disse que se descobrirmos o orkut dele não é para contar, pois foi por la que eu descobri que o cretino que eu estava saindo tinha conhecido outra e já estava ate namorandinho com ela. Otimo post!

  9. Eu quero esse serviço!!!!!!!!!!! pq sem conhecer a índole do dito-cujo eu viro sempre maníaca surtada tentando analisar td e qq coisa q ele faça/fale ou possa dar a entender… aaaaaaafffffff
    Adorei o post! Adoro o blog de vcs! Sou leitora assíduoa há mais de um ano! =)

  10. Esse SPMB ja’ existe:
    http://www.naosaiacomele.com/Presentation/Home.aspx
    ele e’ inspirado no site americano:
    http://www.dontdatehimgirl.com

    Mas ultimamente nao tenho conseguido entrar no site (q de vez em qdo eu entrava para dar umas risadas), parece q a dona do site estava sendo processada pelos cafas!
    Vi uma reportagem na Folha em q ela dizia q e’ advogada e ia se defender, mas uma das reformas do site seria colocar o CPF para fazer a “denuncia”

  11. Meninas q coisa…Não mente que o orkut desmente! kkk
    Tipo comecei um fica/namoro com o cafa e ele sumiu, deletou o perfil do orkut. Justificativa: Eu to sem tempo para internet. Eu burramente apaixonada achei estranho, mas num momento de Lucidez tratei de digamos monitorar o fulano..E não é q achei o novo perfil do cretino e pior constatei q não era a única lezada nas situação. As “moçoilas” (plural amigansssssssss) que pretendem ocupar meu lugar (??) junto ao ex vale-nem-oq-come só me resta passar o meu CHAPÉU DE TOURO! rsrs
    Cadiquê as pessoa são assim? Alguém pode ExpRica??? Bjs…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *