Tudo novo

Toda virada de ano nos pegamos fazendo planos que se perdem facilmente antes do carnaval – que, segundo a lenda, é quando o ano realmente inicia. Parece até dieta: segunda-feira eu começo! Segunda eu paro de fumar. Segunda eu entro na academia. Segunda eu paro de beber. Segunda eu mudo de emprego. Segunda eu arrumo um namorado. Segunda eu me separo daquele pilantra. Segunda!

E, de promessa em promessa, você está aí, com a bunda gorda sentada na mesma cadeira, cercada de pessoas que você preferia que explodissem como fogos de réveillon, esperando. Esperando o quê? Milagre? Eu até acredito em milagres, mas aqueles que você faz por merecer.

Às vezes, ficamos arrumando desculpas pra não fazer o que realmente queremos. Mas arrumar soluções produz o mesmo esforço mental, eu garanto. E, quando traçar sua meta, não se assuste com a distância: apenas dê o primeiro passo. Como dizia Chico Science, ele é o suficiente para que você já não esteja no mesmo lugar. O resto é consequência. Mas ninguém pode dar esse passo por você. Confie. Em VOCÊ. Porque você PODE. Cultivar o amor-próprio é a forma mais simples de conquistar a felicidade.

Hoje, não vou desejar a você aquele clichê de boas festas: saúde, paz, prosperidade, harmonia… Com certeza muitos entes queridos já fizeram esses votos! Amigo do Amor Crônico, desejo a você CORAGEM. Com ela, você pode alcançar o que quiser.

Lembre-se: o ano não vai ser realmente novo se você continuar igual.

Peixe

Que venha 2014!

.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .